Você não está logado | Entrar | Cadastrar
16/04/2015

Instalada Frente Parlamentar em Defesa das Mulheres







Foto: Cristiano Antunes
Instalada Frente Parlamentar em Defesa das Mulheres



Por: Imprensa PPS-RS

Nesta quarta-feira (15) foi oficialmente instalada a Frente Parlamentar de Apoio, Fiscalização e Divulgação dos Direitos e Políticas Públicas para as Mulheres, presidida pela deputada Any Ortiz (PPS). “Queremos conscientizar a população e gestores públicos que não basta apenas a criação de políticas inclusivas. Precisamos divulgar e fiscalizar estas ações que garantem os direitos de todas as mulheres gaúchas”, declarou a parlamentar.


Estudos da Fundação de Economia e Estatística do Rio Grande do Sul revelam que as mulheres recebem 75% do valor que um homem recebe para executar a mesma função e, proporcionalmente ao número de habitantes, Rio Grande do Sul é o estado que tem mais mulheres com emprego fixo. A Frente vai tratar de temas como autonomia econômica e mercado de trabalho, educação para igualdade e cidadania, saúde, direitos sexuais e reprodutivos, enfrentamento da violência e discriminação, presença em espaços de poder e decisão, além do esporte.


Carla Spech, prefeita de Salvador do Sul (PPS) disse que a violência contra a mulher também é uma realidade nos pequenos municípios. “Quando nossa rede de atenção e proteção as mulheres começou a funcionar conseguimos ter noção de que a violência também ronda nossas casas”, afirmou.


A vereadora do PPS de Tramandaí, Teresinha Silveira, pediu o aumento da presença feminina em posições de liderança. “Mulheres líderes precisam ocupar os espaços de poder para conscientizar e politizar a sociedade. Temos que aproveitar o momento, e fazer a mudança de pensamento e ações mesmo que ela seja pequena”, declarou.


A vereadora do PPS de Arroio dos Ratos, Rejane Carvalho, comemorou a mudança no código penal deste ano que tornou crime hediondo a violência contra a mulher. “O medo e a vergonha ainda fazem com que as mulheres não denunciem seus agressores ou maus tratos nas nossas cidades. Falta estrutura adequada para receber, encaminhar e acolher às vítimas”, disse.


No encerramento do evento, a deputada Any Ortiz (PPS) disse que a frente irá percorrer o interior do estado com audiências públicas. Nossa missão aqui é colocar o Rio Grande do Sul no protagonismo dentro dessa discussão”, concluiu a parlamentar.


 


Participaram do evento deputados e deputadas de vários partidos políticos, a primeira-dama do Estado e secretária de Políticas Públicas, Maria Helena Sartori, representantes Defensoria Pública do Rio Grande do Sul, Secretaria Estadual de Educação, Prefeitura de Porto Alegre e Polícia Civil.





Avalie este conteúdo
Se você achou esse conteúdo interessante deixe seu voto clicando no botao "gostei". Os conteúdos melhor avaliados ficam em destaque para os outros usuários.


Este conteúdo tem 194 visitas

Para votar, você precisa estar logado no site.


Deixe seu comentário
Bloqueado
É preciso estar logado para deixar um comentário.
Clique aqui, cadastre-se e participe!!


Este conteúdo tem 0 comentário(s)











Caso seja mais de um amigo, separe os emails por vírgula.

Para votar, você precisa estar logado no site.


Desenvolvimento: RBW Comunicação | Hospedagem e Manutenção:Núcleo de Tecnologia do PPS
© Partido Popular Socialista - PPS (2008)